Ir para conteúdo

Zoom1966

Participativo EBR
  • Posts

    184
  • Posts por dia

    0,11
  • Registrado em

  • Última visita

  • Créditos

    114
  • País

    Brasil

Sobre Zoom1966

  • Rank
    Membro Pleno
  • Data de Nascimento 14-02-1966

Informação Pessoal

  • Localidade
    São João da Boa Vista - SP
  1. Todo progresso é bom. Tente descobrir, pelo datasheet do CI da BIOS, qual a tensão esperada no pino 8, que é alimentação. Nas placas "normais" o sinal de pwr vem da SIO. Não desista, essa placa vale a pena.
  2. @thiago lucena , Se for USB 3.0, os circuitos entre USB 2.0 e 3.0 não são independentes? Será que não teria mais um conjunto de bobinas para a USB 2.0? E já tentou conectar um dispositivo USB 3.0, contando que a USB seja 3.0 mesmo? Desculpe ser meio vago, Thiago, mas estou sem o esquema desse equipamento. Boa sorte aí, fera!
  3. @huquinho , O que seria essa crosta? Sujeira ou oxidação? Se essa máquina estiver sujeita a maresia, remova bem toda a oxidação que encontrar e lave a placa com água quente e detergente neutro, usando uma escovinha macia. Depois seque em estufa por algumas horas a uns 80 graus. Verifique os pontos onde havia oxidação, para ver se não precisam de uma ressoldagem. Boa sorte!
  4. @thiago lucena , Não tenho o esquema dessa máquina, mas pelo print que o @wjinformatica disponibilizou, dá pra ver que tem bobinas pelas quais passam os sinais da USB. Já verificou se essa bobina está ok? No esquema citado, é L22. Pergunto, porque já peguei note que não funcionava a USB e a bobina estava danificada. Boa sorte aí!!
  5. @infosquad e todo o pessoal que administra o forum, Grande iniciativa! Assisti o vídeo e foi muito interessante e esclarecedor. Obrigado a todos! Pra resumir numa frase, "Osciloscópio não é bola de cristal". Eu tenho um Tektronix analógico 2230, dois canais de 100 MHz, que comprei (bem) usado e deve ser mais antigo que muita gente que participa desse fórum. Mas é uma ferramenta e tanto e desde então, venho me informando e estudando, e tenho me esforçado para utilizá-lo cada vez mais no dia a dia. Grande abraço a todos!
  6. @Sergio Penido Talvez esse diagrama de uma placa bem mais simples e antiga (que não deve ter muito em comum com essa) possa dar uma pequena ideia de onde procurar tensão. Nesse esquema, o +5VSB alimenta a Ponte Sul, um circuito que rebaixa a tensão para 3V3, que também vai pra Ponte Sul e mais alguns reguladores que funcionam em cascata. Se você tiver esquemas de placas mais modernas, consulte-os também. Essa placa não deve sair assim tão fora desse raciocínio. Vê se te ajuda! Boa sorte!
  7. Não tem nem o +5VSB? Ele costuma vir da fonte e energizar os circuitos básicos da placa mãe e da própria fonte. Pode ser um caminho...
  8. @maddruga , Se tudo estiver correto na placa mãe, você pode tentar procurar um fusível na PCB da tela. Descole o plástico que protege a PCB com muito cuidado. Nas telas que eu consegui reparar, encontrei 2 fusíveis: um do circuito da tela e outro do backlight. Costumam estar perto do conector e costumam ser ridiculamente pequenos. Teste a continuidade. As sucatas de tela são uma boa fonte para a reposição. Boa sorte!
  9.  em análise Asus / p5g41t-m lx2/br/ bios

    @rafiuski86 , não se aperte por isso. A Asus disponibiliza arquivos de BIOS no site. Entre no site www.asus.com. Procure 'suporte' no menu. Escolha 'suporte" novamente, informe o modelo da placa. Nem precisa informar completo, informe só p5g41t-m e aparecerá uma lista com todos os modelos que começam com essa sequência. Escolha o seu. Escolha a opção "Drivers e Controladores/Ferramentas". Escolha o Sistema Operacional. E pronto! A versão mais nova é a 0407. Boa sorte!
  10. @Sergio Penido , Acho pouco provável que exista o esquema dessa placa por aí. Não sei nada sobre essa placa, mas sei que placas de servidores costumam ser muito mais complexas que as de desktop. As fontes também não costumam seguir o padrão do PC, complicando mais ainda. O que eu faria inicialmente, seria verificar se existe recurso de rede onboard e ver se o CI aquece quando a placa está energizada. Isso porque descarga atmosférica não costuma atingir somente a rede elétrica. A rede de dados cabeada também está sujeita a picos de tensão, por indução. Verifique também se encontra alguma tensão na placa, tipo o +5VSB. Então, tente partir daqui. Essa é minha sugestão... Boa sorte!
  11. Tive que editar o tópico! Estava incompleto, eu bati no Enter sem querer!
  12. @RobertoS , Deixe tentar explicar melhor o que eu disse acima: No Q12, o coletor gera o sinal VID_GD#, que aciona a base do Q2. Teoricamente, as leituras de tensão do coletor do Q12 e da base do Q2 não poderiam ser diferentes...
  13. @RobertoS , tentando aprender aqui também! De acordo com o esquema indicado pelo @curtolo , o PWM é o up6206, identificado como U3 e que não tem datasheet também. Veja se confere. Não sei se entendi direito, mas as leituras do Q2 (solicitadas pelo @FlavianoSilva ) me parecem contraditórias... Explico: Se no coletor do Q12 temos 0V, o Q2 não poderia ter 1,12V na base! Ou estou errado?
  14. @marzoinfo , eu tentaria identificar esse CI que está bem ao lado, levantaria o datasheet e veria se tem algum exemplo de circuito de aplicação. Esse diodo pode fazer parte desse circuito de aplicação e deve estar identificado nele. Não custa tentar. Boa sorte!

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×